2 de out de 2013

O FERERJ E AS AÇÕES QUE VEM DESENVOLVENDO


         O FERERJ iniciou suas atividades no dia 16 de setembro de 2011, com a finalidade de acompanhar, propor, subsidiar, avaliar e discutir as políticas públicas comprometidas com a implementação da Lei 10.639/2003, alterada pela Lei 11.645/2008, contribuindo para a consolidação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana no currículo escolar, nos diferentes níveis e modalidade de ensino nas redes pública e privada no Município de Jaboatão dos Guararapes.

         É composto e tem coordenação tripartite, com representações dos (as) profissionais efetivos (as) da Educação Municipal, sociedade civil organizada e de secretarias do Governo Municipal. Foi regulamentado pelo Decreto Municipal Nº 102/2012, sendo reconhecido e regulamentado também junto ao Governo Federal.


         Uma das principais propostas do FERERJ é fazer com que os profissionais em educação sejam também protagonistas da construção do currículo para a Educação das Relações Étnico-raciais, oportunizando vez e voz aos estudantes, inclusive para pesquisarem o processo sócio econômico dos africanos em seu continente e na diáspora brasileira, as causas e consequências vivenciadas no período colonial, a contribuição sócio econômica e cultural para a formação da população brasileira, bem como o exercício contínuo, enquanto ação de resistência, para lembrança e transmissão aos nossos descendentes, sobre a luta para não serem escravizados em outras sociedades .

Vimos desenvolvendo e/ou desenvolveremos as seguintes ações:

  • Proposição, construção e acompanhamento da execução do Calendário de Formação Étnico-racial Continuada da Rede Municipal de Ensino do Jaboatão dos Guararapes: 2011-2012;
  • Realização da Primeira Conferência Livre da Educação com recorte em Educação das Relações Étnico-raciais, remetendo propostas para conferência Municipal de Educação: 2013;
  • Articulação junto ao MP-PE para aquisição de material utilizado no AFROARTE- JABOATÃO, bem como para realização de monitoramento compartilhado das ações concernentes à Temática: 2011-2012;
  • Contribuição para a Formação Étnico-racial Continuada dos Profissionais da educação, bem como para destacar o município no âmbito da Educação das Relações Étnico-raciais 2011-2012;
  • Participação efetiva em todas as ações desenvolvidas pela SEE, relativas à Temática: 2011-2013;
  •  Participação nas Reuniões do Fórum Nacional, em Brasília: 2012-2013;
  • Articulação com ONGs internacionais e com estudantes de países africanos, para socialização de experiências:2011-2013;
  • Construção de orientações (que pretendemos que componham as futuras Diretrizes Municipais para a Educação das Relações Étnico-raciais)
  • Articulação junto ao NEAB da UFPE a vinda de Professores (as) Doutores (as) e Mestres (as) para contribuir com seus notórios saberes, tanto nos momentos de formação oportunizado pelo Fórum, quanto naqueles promovidos pelo Município;
  • Participação durante a articulação com a Pró Reitoria de Extensão da UFPE (junto Profª Drª Dayse Moura) para que os Professores participassem do Curso de Educação das Relações Étnico-raciais, tendo Jaboatão o maior número de participantes inscritos;
  • Realização da 1º Prêmio Professora Expedita Helena de Qualidade na Educação das Relações Étnico-raciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário