31 de out de 2013

Inscrição para o I Prêmio Professora Expedita Helena

As inscrições para o I Prêmio Professora Expedita Helena de Apoio à Qualidade em Educação das Relações Étnico-raciais foram prorrogadas até 15 de novembro. 

Leia o regulamento e participe!

REGULAMENTO

O Termo de Aceite e Ficha de Inscrição se encontram dentro do Regulamento.

21 de out de 2013

XIII Encontro de Ciências Sociais

De 29 de outubro a 01 de novembro, estará acontecendo o XIII Encontro de Ciências Sociais no prédio CFCH - UFPE.

Para se inscrever é só entrar no site do Encontro e preencher o formulário os valores variam de 15 a 25 reais, podendo ser paco por deposito bancário ou presencialmente no prédio do CFCH - 14º andar.

Segue abaixo alguns temas que serão abordados.

9 de out de 2013

Revista Princesas Africanas - Download

A revista Princesas Africanas é mais um tema abordado pelos Cadernos de Leituras Compartilhadas, o que é isso? O Caderno de Leituras Compartilhadas são revistas temáticas com textos e artigos de especialistas sobre o cotidiano. Uma agradável experiencia de leitura para sala de aula e/ou espaços comunitários.

Princesas Africanas traz diversas histórias de heroínas africanas assinadas por vários autores.


Faça o download da Revista clicando na imagem.




8 de out de 2013

Entendendo as contradições presentes nas relações sociais de gênero e raça

A Universidade Católica de Pernambuco esta oferecendo um curso de extensão voltado para as questões de raça e gênero.

Entendendo as contradições presentes nas relações sociais de gênero e raça



  • Professora: Valdenice José Raimundo
  • Objetivo: construir reflexões que possam contribuir com a ampliação e consolidação da cidadania de mulheres, negros e indígenas.
  • Carga horária: 12 horas
  • Período de realização: 08, 09 e 10/outubro
  • Horário: 13h30 às 17h30
  • Local: sala 504 – 5º andar do bloco G
  • Valor: R$ 75,00
  • Inscrições: até 08/10 ou enquanto houver vagas



2 de out de 2013

O FERERJ E AS AÇÕES QUE VEM DESENVOLVENDO


         O FERERJ iniciou suas atividades no dia 16 de setembro de 2011, com a finalidade de acompanhar, propor, subsidiar, avaliar e discutir as políticas públicas comprometidas com a implementação da Lei 10.639/2003, alterada pela Lei 11.645/2008, contribuindo para a consolidação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana no currículo escolar, nos diferentes níveis e modalidade de ensino nas redes pública e privada no Município de Jaboatão dos Guararapes.

         É composto e tem coordenação tripartite, com representações dos (as) profissionais efetivos (as) da Educação Municipal, sociedade civil organizada e de secretarias do Governo Municipal. Foi regulamentado pelo Decreto Municipal Nº 102/2012, sendo reconhecido e regulamentado também junto ao Governo Federal.


O que ensinar e como a escola pode contribuir para a desconstrução de estereótipos raciais?


    


Visando contribuir para o entendimento de todos e todas sobre os motivos relativos à temática educação das relações étnico-raciais, faremos a seguir, resumidamente, algumas considerações históricas, sociais e legais brasileiras. 


Pesquisas mostram que, quando somamos aqueles que se autodeclaram pretos e pardos com aqueles que se autodeclaram indígenas, temos a maioria da população brasileira. O Brasil tem a maior população com fenótipo negro do mundo, perdendo apenas para a Nigéria. Pernambuco tem a segunda maior população com fenótipo negro do Brasil e Jaboatão não é exceção, seguindo aproximadamente esse padrão de percentual da população negra, segundo o IBGE.