30 de dez de 2013

A situação dos negros na França não é diferente de Nova Orleans (e do Brasil?)

Os veículos de informação franceses, com o foco na situação provocada pelo então furacão Katrina apontavam sobremaneira a reação pífia do governo americano. O desastre trouxe à tona, e à vista de todos, a triste condição de muitos negros americanos. Mas, desta vez, os franceses, que há muito têm criticado o racismo da América, não puderam evitar traçar alguns paralelos com o que ocorre no seu próprio território.

     Sissouo Cheicka teve dificuldade para obter empréstimo ao abrir sua loja, que dá lucro. É verdade que as devastações do Katrina expuseram cruelmente à luz do dia as feridas da América, a multiplicação dos guetos na sociedade, a pobreza, a criminalidade, as tensões raciais e territoriais, afirma o diário conservador Le Figaro, num editorial publicado em 8 de setembro. Na França, os que discordam com essa situação apressam-se a apedrejar o `modelo americano' e o seu presidente neo-conservador. Mas será que eles ao menos viram o estado em que se encontra o seu próprio país?.

20 de dez de 2013

Pesquisa de mestrado questiona qualidade de Escolas de Referência no estado de Pernambuco


A qualidade das Escolas de Referências do Ensino Médio de Pernambuco foi questionada em pesquisa desenvolvida por uma estudante de mestrado da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). De acordo com Edima Verônica de Morais, vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação Contemporânea (PPGEDUC) do campus Agreste, há uma manipulação do que é conhecido por instituições de referência no estado.


Intitulada “As utilizações das escolas de referência em Ensino Médio: uma análise do Programa de Educação Integral de Pernambuco” e orientada pelo professor Jamerson Antônio de Almeida da Silva, a pesquisa possui como tema central a formação da juventude através dessa metodologia educacional, procurando compreender as utilizações das Erems por parte do Governo do Estado de Pernambuco. O PEI foi lançado pelo Governo do Estado de Pernambuco em 2008, criando as Erems, cujo objetivo é “fortalecer a educação integral no estado”. Segundo Edima, essas escolas cumprem o papel de passar a promessa de integração do jovem ao mercado de trabalho.


16 de dez de 2013

Texto da 1ª Caminhada Zumbi dos Palmares

Esta é a 1ª Caminhada Zumbi dos Palmares pela Preservação daVida da População Negra, que é uma iniciativa do Fórum Permanente de Educação e Diversidade Ético- Racial do Jaboatão dos Guararapes - FERERJ e conta com o apoio do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros NEAB- da Universidade Federal de Pernambuco, Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes e Agência de Qualificação para o Trabalho para Organizações Associativas- A4.

Fundo Baobá para Equidade Racial contrata em Recife

O Fundo Baobá para Equidade Racial, uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de mobilizar pessoas e recursos no Brasil e no exterior, para apoiar projetos pró-equidade racial de organizações da sociedade civil afro-brasileiras está buscando um/a Diretor/a Executivo/a para trabalhar em Recife (PE) com captação de recursos e doação com vistas a consolidação da missão institucional do Fundo Baobá.
É requisito para ocupar a posição que o/a candidato/a tenha o 3º grau completo, experiência de no mínimo 5 anos como gestor e vivência de pelo menos 3 anos em captação de recursos, competência escrita e oral em português e inglês fluente e disponibilidade para deslocamentos como parte de sua rotina de trabalho. O/a candidato/a deve ter conhecimento profundo da questão sociorracial brasileira e compreender o campo equidade racial. É essencial o conhecimento do mundo da filantropia de justiça social, internacional e grantmaking.
Os/as interessados/as deverão apresentar candidatura até o dia 31 de dezembro, enviando currículo e carta de motivação por e-mail: baoba.recrutamento@gmail.com
Texto retirado do site: RETS

11 de dez de 2013

Sugestões de Curtas

Narciso Rap (2003, Diretor: Jeferson De, 18 min.)
Sinopse: Narciso, um garoto negro de periferia, ganha uma lâmpada mágica e pede ao gênio para ser visto branco pelos brancos e negro pelos negros... Curta-metragem selecionado para a mostra brasileira do Festival de Clemont-Ferrand, na França.

Raiz Forte: Negras lidando com seus cabelos cresposSinopse: Raiz Forte é uma série de documentário dividida em três partes: Crianças, Adolescentes e Adultas. Projeto que tem como premissa a promoção da beleza e autoestima da mulher negra brasileira, partindo de um dos seus princípios fundamentais, os cuidados com os cabelos. A série Raiz Forte apresenta relatos de mulheres negras que descobriram formas de lidar com seus cabelos crespos. Esta produção audiovisual emerge com o intuito de gerar discussões acerca das relações com o cabelo enquanto forma de pertencimento e de explicitação da ancestralidade africana. Na verdade o Raiz Forte é mais do que uma série web-documetária, ele é um projeto realizado pela pesquisadora e fotógrafa Charlene Bicalho, junto com o artista Edward Marily, o diretor de arte Pedro Ribeiro, coletivo Compartilhe ou Nada! e Blog Garganta.Link: http://www.youtube.com/projetoraizforte