12 de nov de 2013

Cinema Negro

Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura promove, de 6 a 27, uma mostra com títulos do cinema negro da década de 1970, com sessões gratuitas sempre às quartas, às 19h, no Cine É Proibido Cochilar, no Recife Antigo.

O projeto foi coordenado pelo cineasta Zózimo Bulbul, por Biza Vianna, Ruth Pinheiro e Wanda Ribeiro e patrocinado pela Fundação Cultural Palmares. O Mês da Consciência Negra tem seu ápice no dia 20 de Novembro, aniversário da morte do líder Zumbi dos Palmares.
Confira a programação:
Dia 06/11 – às 19h
Vida Nova por Acaso, de Odilon Lopez (BRA,1970)
Duração: 48 minutos.

Elenco: Odilon Lopez, Francisco Silva, Ângela Grosser e Araci Esteves.
Sinopse – Vida nova por acaso conta a história de uma paixão impossível de um negro batedor de carteiras por uma loura ricaça. Episódio do longa “Um é pouco, Dois é bom”.
Dia 13/11 - às 19h
Compasso de espera, de Antunes Filho (BRA, 1973)

Duração: 97 minutos.
Elenco: Zózimo Bubul, Renée de Vielmond, Karin Rodrigues, Antônio Pitanga.
Sinopse – Um jovem poeta negro começa a se relacionar com uma moça de família aristocrata. Para fugir das críticas eles se refugiam em uma praia distante, mas os pescadores locais também desaprovam o romance. Diante de tantas pressões, a moça parte para a Europa e o poeta se sente perdido numa sociedade na qual não consegue se inserir. Único filme dirigido pelo diretor teatral Antunes Filho.
Dia 20/11 – às 19h
Na Boca do Mundo, de Antônio Pitanga (BRA, 1976)

Duração: 100 minutos.
Elenco: Norma Bengell, Antônio Pitanga, Sibele Rubia, Angelito Mello e Milton Gonçalves.
Sinopse – Quando um rico socialite do Rio de Janeiro decide tirar da favela um garoto pobre e negro para ser seu ajudante, o que poderia ser uma história de Cinderela se transforma numa tragédia. Baseado no romance homônimo escrito por Carlos Diegues e Antônio Pitanga. O diretor da obra produziu, escreveu o roteiro, dirigiu e ainda fez o personagem central desse filme elogiado no festival de Brasília.
Dia 27/11 – às 19h
As Aventuras Amorosas de um Padeiro, de Waldir Onofre (BRA, 1975)

Duração: 100 minutos.
Elenco: Paulo César Peréio, Maria Do Rosário, Haroldo de Oliveira, Ivan Setta, Procópio Mariano e Rafael de Carvalho.
Sinopse – Ritinha (Maria do Rosário) é uma jovem humilde, virgem e que vive no subúrbio do Rio de Janeiro. Ela se casa com um homem mais velho, o conservador Mário (Ivan Setta). Meses depois, Ritinha percebe o quão tediosa é sua vida de casada, sobretudo nas questões do sexo. É quando ela conhece Marques, que se não passa de um estúpido padeiro português, pelo menos faz a jovem realizar suas fantasias na cama. E ele acaba tirando fotos dos dois transando. Mais tarde, Ritinha conhece Saul, artista negro de quem se torna amante. Mas Marques, tomado pelo ciúme, revela as fotos ao marido dela, criando enorme confusão. Sátira popularesca explorando assuntos como infidelidade conjugal, preconceito racial e desejo de ascensão social.

Cine É Proibido Cochilar
Local
: Rua do Bom Jesus, 237
Bairro do Recife – Recife
Hora e data: Quartas-feiras, às 19h
Informações: (81) 3117-8430
Email: cine.proibidocochilar@gmail.com
Facebook.com/cineeproibidocochilar
http://cineproibidocochilar.wordpress.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário