11 de dez de 2013

Sugestões de Curtas

Narciso Rap (2003, Diretor: Jeferson De, 18 min.)
Sinopse: Narciso, um garoto negro de periferia, ganha uma lâmpada mágica e pede ao gênio para ser visto branco pelos brancos e negro pelos negros... Curta-metragem selecionado para a mostra brasileira do Festival de Clemont-Ferrand, na França.

Raiz Forte: Negras lidando com seus cabelos cresposSinopse: Raiz Forte é uma série de documentário dividida em três partes: Crianças, Adolescentes e Adultas. Projeto que tem como premissa a promoção da beleza e autoestima da mulher negra brasileira, partindo de um dos seus princípios fundamentais, os cuidados com os cabelos. A série Raiz Forte apresenta relatos de mulheres negras que descobriram formas de lidar com seus cabelos crespos. Esta produção audiovisual emerge com o intuito de gerar discussões acerca das relações com o cabelo enquanto forma de pertencimento e de explicitação da ancestralidade africana. Na verdade o Raiz Forte é mais do que uma série web-documetária, ele é um projeto realizado pela pesquisadora e fotógrafa Charlene Bicalho, junto com o artista Edward Marily, o diretor de arte Pedro Ribeiro, coletivo Compartilhe ou Nada! e Blog Garganta.Link: http://www.youtube.com/projetoraizforte


Vista minha pele (Diretor: Joel Zito Araújo, 15 min.)
Sinopse: "Vista a Minha Pele" é uma divertida paródia da realidade brasileira. Serve de material básico para discussão sobre racismo e preconceito em sala de aula.

África: uma história rejeitada (1995, diretor: David Dugan, 50min.)
Sinopse: O documentário África - Uma História rejeitada (1995) aborda fragmentos da História africana envoltos em mistérios, cujas teorias explicativas foram por vezes rejeitados pelo mundo ocidental. A primeira parte do documentário relata os mitos que envolvem a construção das muralhas da Grande Zimbabwe que deram origem ao país do Zimbabwe. A segunda parte do vídeo aborda os mitos que envolvem a construção das cidades islâmicas encontradas na costa africana povoada pela civilização Swahili.


Identidades em trânsito (2007, Diretor: Daniele Ellery e Márcio Câmara, 19min.)
Sinopse: Trata das experiências de estudantes de Guiné-Bissau e Cabo Verde formados no Brasil. O filme aborda a saída, a chegada, adaptação no Brasil, e o retorno desses estudantes aos seus países de origem.

Aruanda (1960, Diretor: Linduarte Noronha, 20min.)
Sinopse:  A história de um quilombo, formado em meados do século XIX, por escravos libertos no sertão da Paraíba. O filme, da mesma época da inauguração de Brasília, mostra uma pequena população, isolada das instituições do país, presa a um ciclo econômico trágico e sem perspectivas, variando do plantio de algodão à cerâmica primitiva. O curta é considerado um dos precursores do Cinema Novo.


Alma no Olho (1974, Diretor: Zózimo Bulbul, 12min.)
Sinopse: Metáfora sobre a escravidão e a busca da liberdade através da transformação interna do ser, num jogo de imagens de inspiração concretista. 


Pequena África (2002, Diretor: Zózimo Bulbul, 14min.)
Sinopse: Pequena África apresenta a Praça XI, a Central do Brasil, Gamboa, Saúde e bairro de Santo Cristo de hoje, e que eram conhecidos nos idos de 1850 até 1920 como "Pequena África", por terem sido locais habitados por escravos alforriados no período imperial e depois deste.

A Igreja Evangélica e a Cultura Afro Brasileira (2010, Diretor: Willamy Tenório, 15min.)

Sinopse: Da Transformação do pai de família sem rumo, de volta ao lar e convívio social, as meninas de baixa renda que se transformam em bailarinas de dança Afro, o que há em comum entre Igrejas Evangélicas e Grupos de Cultura Afro. Neste cenário de oposição, vamos conhecer, e desmistificar preconceitos e expor visões distintas de instituições transformadoras, e construtoras de culturas específicas.

Igbadu - Cabaça da Criação (2007, Diretor: Carla Lyra, 16min.)

Sinopse: O mito da cabaça - Igbadu - é um elo de ligação da criação arstistica com as raízes africanas e religiosas. Em Pernambuco, a influência da tradição religiosa na criação musical foi resgatada em três terreiros: Sítio de Pai Adão - o mais antigo de Pernambuco, o Terreiro Ilê Oba Aganju Okoloya - Terreiro de Mãe Amara e a Sociedade Religiosa Africana Santa Bárbara - Nação Xambá e imagens do terreiro Ilê Asè Yemoja Ogúntè.

Link: http://portacurtas.org.br/filme/?name=igbadu_cabaca_da_criacao

 

Maré capoeira (2005, Diretor: Paola Barreto Leblanc, 14min.)Sinopse: Maré é o apelido de João, um menino de dez anos que sonha ser mestre de capoeira como seu pai, dando continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias gerações. O curta mistura ficção e documentário para contar uma pequena história de amor e guerra. 

Link: http://portacurtas.org.br/filme/?name=mare_capoeira

 

Vadiação (1954, Diretor: Alexandre Robatto Filho)

Sinopse: Em 1954, Alexandre Robatto Filho cineasta baiano produziu "VADIAÇÂO", um curta metragem em formato de documentário. Expressivo, pois contou alguns capoeiristas da nata da capoeira baiana da época como: Traíra, Curió, Nagé, Bimba, Waldemar, Caiçara, Crispim, Bugalho.

Link: http://www.youtube.com/watch?v=gGCLzLXKk9s

 

Além de Trabalhador, Negro (1989, Diretor: Daniel Brazil, 35min.)


Sinopse: Uma reconstituição das lutas do trabalhador negro na cidade de São Paulo, desde a Abolição. As primeiras associações, a participação política e sindical. Uma cobertura que vai da Frente Negra de 1930 até os dias atuais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário